FORGOT YOUR DETAILS?

Apresentação

A Acic realiza, de 20 a 22 de fevereiro de 2019, a 27ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP) edição outono/inverno, no Polo Caruaru. O Sebrae é correalizador do evento que já gerou quase R$ 350 milhões em negócios. Marcas de vários Estados do Brasil
marcam presença nas edições do evento que é um dos maiores comerciais na área.

Release pós-evento da última edição

Resultado foi divulgado pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), realizadora do evento que é o maior do segmento no Norte e Nordeste

A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP), realizada há 13 anos no agreste pernambucano, continua surpreendendo o mercado nacional a cada edição. A 26ª RNMP, em especial, tornou-se um case de sucesso não apenas pelos números, mas, também, pela inovação. O evento passou a contemplar todos os setores da cadeia produtiva da moda, desde os fornecedores de insumos têxteis, passando pelos processos criativos e as soluções tecnológicas até a comercialização das peças, impulsionando a competitividade do Polo de Confecções do Agreste. O resultado não poderia ser diferente: mais de um milhão de peças comercializadas e R$ 20 milhões gerados em negócios.

Setor têxtil em evidência

A principal novidade da 26ª edição foi a criação da ala InoveTex,  espaço exclusivo para fornecedores têxteis com empresas dos segmentos de fios, tecidos, aviamentos, tecnologia e soluções financeiras. O ambiente teve entrada independente para acesso do público espontâneo e de compradores ligados ao setor com o objetivo de potencializar parcerias e negócios com novos mercados.

Representante comercial de uma das nove empresas expositoras do InoveTex, Everaldo Gualberto aprovou a expansão do evento para incorporar o setor têxtil. “Foi uma oportunidade que a Rodada de Negócios nos deu de, enquanto fornecedores de matéria prima e de componentes têxteis, estar mais próximos dos nossos clientes e de participar de um evento consolidado a nível nacional”, afirmou.

Mais competividade para microempresas

Nesta edição, o Pernambuco que Cresce, iniciado na 25ª edição como projeto piloto, foi incorporado de forma definitiva à RNMP, mostrando a força das microempresas da região. A iniciativa, que teve início com a participação de cinco empresas, passou a contar com 16 expositoras representantes dos segmentos de moda masculina, feminina, jeans e infantil. O fluxo de compradores, durante os três dias da Rodada de Negócios, foi intenso e os contatos firmados vão garantir a produção de muitas marcas até o final do ano.

Expositor de moda infantil dessa ala, Jackson Silva apostou na ideia e não se arrependeu. “Havíamos participado da edição piloto do Pernambuco que Cresce e achamos bem proveitosa para a nossa empresa. Desde o começo, já superou nossas expectativas e nos ajudou muito nas vendas do primeiro semestre. Por isso, continuamos e estamos satisfeitos”, disse.

Negócios atrativos para expositores e compradores

A 26ª RNMP, temporada primavera/verão, contou com marcas de confecção, calçados e acessórios de Pernambuco, Minas Gerais, Paraíba, Goiás, Ceará e do Rio Grande do Norte. Foram 500 compradores de todas as regiões do País e 159 estandes de empresas expositoras, incluindo a ala InoveTex. Esta edição também marcou a integração entre Pernambuco e Paraíba, na perspectiva de transformar os dois estados nos principais fornecedores de produtos têxteis e calçadistas, através da Rodada de Negócios.

Quem veio de longe para fazer negócios no evento, voltou realizado com as compras feitas para abastecer as vitrines das redes varejistas de todo o Brasil. O empresário Gonçalo Silva, de São Paulo, foi um deles. “Essa é a quinta vez que o nosso grupo de compradores participa do evento, que é muito importante para o mercado, porque divulga muitas marcas”. Representando 26 clientes do Centro- Oeste, Dionísio Santana, de Cuiabá, é responsável pela vinda de outros empresários à Rodada. “Trago clientes com os quais eu já trabalho e com outros eu faço visitas para convidá-los. Aqui, eles podem conferir de perto a modelagem dos produtos, que é muito diversa, e o preço excelente oferecido”, ressaltou.  

Para o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), Pedro Miranda, os resultados positivos demonstram que a cada edição o evento se reinventa e agrada ao público. “A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana é um case de sucesso. Não se trata apenas de fazer negócios e sim de transformar a maneira de comercializar os produtos do agreste pernambucano. A cada edição, estamos crescendo, mesmo com essa crise que vem assolando o País. Na 26ª RNMP, trouxemos o InoveTex, um ambiente voltado para as empresas fornecedoras de insumos têxteis,  e ampliamos o Pernambuco que cresce, espaço onde pequenos empresários têm acesso ao mercado nacional de maneira organizada. Crescemos em todos os aspectos e, por isso, crescemos também nos resultados”, ressaltou.

A RNMP tem como correalizador o Sebrae e conta ainda com o apoio do Governo do Estado, através da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD-DIPER), e a Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura e Turismo. O Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco (NTCPE), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), aAssociação Comercial e Industrial de Toritama (Acit), a Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap) e o Sindicado das Indústrias do Vestuário do Estado de Pernambuco (Sindivest/PE) são parceiros do evento.

Informações à Imprensa
Oficina Comunicação – (81) 3725.1866
Fernanda Carvalho – jornalismo@oficinacomunicacao.com.br – (81) 9 9900.9681

TOP